Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

SECRETARIA DE SAÚDE ATUA PARA REGULARIZAR DISTRIBUIÇÃO DE MEDICAMENTOS BÁSICOS

Luis Eduardo (2)

O secretário municipal de Saúde da Prefeitura de Assú, Luís Eduardo Pimentel Soares, dedica-se pessoalmente a contornar uma situação com a qual a nova administração se deparou: a falta de remédios para fornecimento gratuito à população mais carente. O problema existe em face da dívida oriunda do governo que encerrou seu mandato em dezembro para com alguns fornecedores. O secretário afirma que o caso vem sendo verificado há algum tempo e, agora, procura equacioná-lo negociando a pendência financeira com os citados fornecedores.

Luís Eduardo reconheceu que o fato tem reflexo direto na desassistência a uma significativa parcela da coletividade que necessita de tais insumos. “Realmente tivemos que encarar esse problema por conta de um débito deixado pelo governo passado, mas temos procurado os fornecedores procurando sensibilizá-los do propósito da gestão atual de resolver esta questão e, naturalmente, possibilitar o atendimento que os habitantes precisam”, disse. Registrou que tem encontrado ótima receptividade por parte de alguns fornecedores.

O secretário conta que dificuldade semelhante foi encontrada na esfera do Pronto Socorro Municipal, instalado no interior do Hospital Regional do Assú. Entretanto, já houve toda a diligência necessária para repor o estoque de medicamentos para atender à demanda de pacientes que para ali se dirigem. Luís Eduardo frisa que o novo governo encontrou dificuldades além do que esperava, mas reiterou a disposição de suplantar o desafio e dar respostas eficazes à coletividade.

Foto: Marcos Costa

Secretaria Adjunta de Comunicação (Seacom)

Lúcio Flávio Medeiros da Fonseca

Publicidade:
Dra Isabela