Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

ROBINSON FARIA NÃO PODE ALEGAR QUE NÃO SABIA QUE O ESTADO ESTAVA PRÉ-FALIDO

O histórico político do governador Robinson Faria não permite que alegue ignorância sobre a atual situação financeira do estado.

Robinson disputou um cargo eletivo pela primeira vez em em 1986, elegendo-se deputado estadual no Rio Grande do Norte, sendo então, o deputado mais jovem da Assembleia Legislativa na época com 27 anos. Foi reeleito seis vezes, ocupando os cargos de Presidente da Comissão de Constituição e Justiça, por duas vezes, Primeiro Secretário, Vice-Presidente e Presidente da Assembleia Legislativa por quatro biênios (2003-2006/2007-2010).

Agora, depois de ter feito uma campanha demagógica, vendendo, segurança pública como carro chefe, eleito sem compromisso com a classe política, já que a maioria do caciques abraçarão o projeto de Henrique Alves, sem cobrança e com liberdade para montar o seu secretariado, vem, no último ano de governo descobrir que é fundamental o apoio de todos para salvar o estado da falência, não passa de desculpa fajuta que demonstra a sua incompetência como gestor público.

Cabe ao legislativo potiguar desativar a bomba de efeito futuro enviada pelo governo aos deputados do RN.

Cada voto nas propostas analisadas pelos deputados nesse momento de crise terá efeito direto na vida do cidadão norte riograndense.

É hora do salve-se quem puder.

Ou o governo sangra até a última gota, ou o parlamento divide a hemorragia com a gestão de luxo.

Ano de eleição, onde a desgastada classe política padece de rejeição, o voto de cada um, em cada matéria será julgada pelo povo em 03 de outubro.

José Regis de Souza

REGIStrando

Publicidade:
JC Contabil