Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

Raízes de árvores podem provocar danos em tubulações de água e esgoto

CAERN

Já parou para pensar nas árvores que estão na rua? Elas são perfeitas para o meio ambiente, fazem sombra e deixam a cidade arborizada. O problema é que nem sempre as pessoas que plantaram árvores souberam o local correto e o tipo de planta mais adequada. Existem árvores que provocam danos sérios ao sistema de abastecimento de água e de esgoto. Seja na calçada ou nas dependências de sua residência, antes de plantar é preciso buscar informações corretas.

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) alerta para o cuidado com o plantio de espécies que após crescidas podem provocar danos. O ideal é procurar o setor nas prefeituras responsável pela arborização das cidades. Em Mossoró, a Unidade de Manutenção de Água da Caern, tem dados que mostra em alguns casos que as raízes das plantas danificam a tubulação (denominada ramal) na frente das residências o que pode obstruir a passagem da água.

O ideal para evitar problemas é se informar. Em Mossoró, o departamento de Parques e Jardins da Prefeitura oferece este tipo de orientação. De acordo com a chefe do departamento, Nora Aires, as plantas mais indicadas para o plantio são “Pata de Vaca (Bauhinia forficata)”, Flamboyanzinho (Caesalpinia pulcherrima) , Acácia (Acácia podalyriifolia), Ipê (Tabebuia), Caibreira (Tabebuia Caraiba), Ibisco (Ibiscus), Pitanga (Eugenia Uniflora) e Ipezinho de Jardim (Tecoma stams). Estas plantas não causam transtornos às tubulações porque não tendem a ter raízes que crescem em direção à água presente nas tubulações.

Mas, mesmo havendo indicação para estas espécies, que têm o sistema radicular menos agressivo, deve ser levada em consideração uma série de condicionantes como largura e profundidade da calçada. Na calçada deve ser preservada uma faixa livre de pelo menos 1.20m, para passagem de transeuntes/cadeirantes inclusive. É importante ser observada a passagem de fiação elétrica (pois a planta vai crescer)
e a presença de rede de esgoto, fossas, redes hidráulicas, sistemas elétricos, assim como a presença de bueiros e redes de drenagem.

As espécies Nim (Azadirachta indica) e Ficus (Ficus carica), são as preferidas dos moradores, mas não devem ser plantadas porque provocam danos ao sistema de água e esgoto em razão do crescimento de suas raízes em direção as tubulações. Elas têm o que os estudiosos chamam de raízes radiais que se desenvolvem horizontalmente e na extremidade delas há a coifa que é um sensor para captar a presença de água e nutrientes.

Há outras situações que devem ser bem planejada, pois após o crescimento da árvores, pode ocorrer a queda constante de folhas e frutos. Seja na calçada ou no quintal são muitas as variáveis antes de proceder o plantio. No período chuvoso, por exemplo, as pessoas procuram o departamento de Parques e Jardins em Mossoró porque temem a queda de árvores muito grandes e pedem autorização para retirá-las. Este problema não ocorreria se tivesse sido planejado o plantio. É preciso também observar que a cidade precisa de arborização e a retirada de árvores precisa de autorização.

As espécies Nim e Ficus também tendem a ter crescimento de suas raízes em direção a banheiros, por exemplo. Nora Aires teve este problema no jardim de casa. A raiz do fícus obstruiu completamente a encanação do banheiro. O fícus em vaso também deve ser observado porque a raiz tende a crescer, quebra o vaso por baixo, e começa a se infiltrar no subsolo. As raízes também podem danificar piscinas e cisternas.

HORÁRIO

Caern funcionará em horário diferenciado nesta sexta-feira (28)

Em virtude da redução de frota do transporte público na capital e de possíveis modificações no trânsito em diversas cidades do Estado, provenientes de manifestações populares, o funcionamento da Caern, nesta sexta-feira (28), será das 7h30 às 13h30. O objetivo da redução de horário é minimizar as dificuldades de deslocamento dos colaboradores da empresa. A companhia ressalta que as atividades consideradas essenciais serão mantidas, assim como, o atendimento via contact center no número 115.

Redação ACS – Caern

Publicidade:
Assembleia Doe Órgãos