Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

Prefeito Alaor Pessoa parabeniza CMDCA pela organização no pleito eleitoral deste domingo

O prefeito de Itajá, Alaor Pessoa parabeniza os membros do Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente – CMDCA pela organização durante o processo de escolha do Conselho Tutelar – mandato de 2020 a 2024. Foram eleitos 10 novos conselheiros titulares e seus suplentes. A eleição foi facultativa a todos os eleitores com domicílio eleitoral em Itajá, que puderam escolher até 3 representantes. Ao todo são 5 Conselheiros Tutelares, espalhados por todo o município. Ao todo foram 18 candidatos e 2.184 votos distribuídos em 6 seções.

Acompanhado da primeira dama e secretária municipal da Promoção, Habitação e Assistência Social, Danyelle Ferreira Lopes Pessoa, o prefeito Alaor Pessoa votou na Escola Municipal Libânia Lopes Pessoa. A Promotora de Justiça de Assú, Dra. Fernanda Bezerra Guerreiro Lobo, que estava substituindo o Promotor de Justiça de Ipanguaçu, Dr. Eugênio Carvalho Ribeiro, esteve na escola fiscalizando a realização do pleito acompanhada da Presidente do Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente, Arlinda Macêdo.

Alaor Pessoa parabenizou a presidente do CMDCA, Arlinda Macêdo, e aos demais membros pela atuação e organização do pleito. “O Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente realizou com excelência esse processo democrático que contou com o nosso apoio enquanto gestão municipal. Parabenizo pela organização, padronização e pela atuação com ética e zelo. Agradeço a minha equipe que também deram a sua contribuição para a realização desse processo que contou com o apoio das Secretarias Municipais da Promoção, Habitação e Assistência Social e do Governo, finalizou o prefeito.

Alaor fez diversas postagens nas suas redes sociais convidando a população para participar da escolha dos candidatos. Ele ressaltou a relevância destes conselheiros tutelares, por suas responsabilidades no atendimento e acolhimento, quando necessário, de crianças e adolescentes em vulnerabilidade social. “Este serviço é essencial para garantir os direitos daqueles que mais precisam de atenção, numa fase determinante para toda a vida”, destacou.

Assessoria de Comunicação de Itajá

Postado por Iria Araujo

Publicidade: