Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

Cristiane Dantas representa Assembleia Legislativa no Conselho Gestor do Parque das Dunas

A1

A2

A deputada estadual Cristiane Dantas (PCdoB) tomou posse esta semana como conselheira titular do Conselho Gestor do Parque Estadual das Dunas do Natal. A parlamentar passa agora a integrar o fórum como representante da Assembleia Legislativa nas deliberações inerentes à Unidade de Conservação.

“É importante participar das decisões que envolvem a preservação do Parque das Dunas, área de reserva de Mata Atlântica no Rio Grande do Norte. Como representante do Poder Legislativo estadual, é fundamental contribuir com esse espaço, que é sinônimo de qualidade de vida e referência turística em Natal”, avalia Cristiane.

Integram o Conselho Gestor representantes de instituições como, UFRN, UNP, secretarias de meio ambiente e turismo nas esferas estadual e municipal, CAERN, Exército, Ong Baobá, Companhia de Policiamento Ambiental da PM, entre outras.

A deputada informa que promoverá sessão solene em novembro, na Assembleia Legislativa, para celebrar os 40 anos de criação do Parque das Dunas.

Sobre o Conselho

O Conselho Gestor é previsto pelo Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC), através da Lei N° 9.985/2000, que estabelece que toda Unidade de Conservação deve dispor de um Conselho Consultivo, presidido pelo órgão responsável por sua administração.

Ao Conselho cabe acompanhar a elaboração, implementação e revisão do Plano de Manejo do Parque; traçar as diretrizes normativas sobre a gestão do Parque Estadual Dunas do Natal; promover a articulação dos órgãos públicos, organizações não governamentais, população residente, iniciativa privada, entre outras atribuições.

Audiência em Mossoró vai discutir reforma de leitos de UTI do Hospital Tarcísio Maia

SO1

Por iniciativa do deputado Souza (PHS), a Assembleia Legislativa promove nesta sexta-feira (26), em Mossoró, audiência pública a fim de discutir obras de reforma e ampliação dos leitos de UTI do Hospital Regional Tarcísio Maia. O debate acontece no auditório da Faculdade de Medicina da Universidade Estadual do RN (UERN), às 9h.

“O hospital regional atende cerca de 65 municípios do nosso Estado e, mesmo assim, possui um número reduzido de leitos de UTI. Além disso, constantemente o Governo do RN vem custeando esses serviços em unidades privadas, por força de determinação judicial”, afirma o parlamentar.

O deputado explica que destinou, para a unidade de saúde, emenda parlamentar no valor de R$ 1,8 milhão, que não foram liberados por falta de deflagração do processo licitatório por parte da Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP).

Ainda segundo o parlamentar, apesar de o hospital já ter sido objeto de relatório da OAB, de inspeção do Ministério Público e de deferimento de ação cautelar pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN), não houve soluções práticas para a melhoria da saúde pública na região.

“A referida audiência, portanto, visa discutir questões de extrema necessidade e relevância e que têm causado prejuízos tanto à sociedade potiguar quanto aos cofres públicos”, reforça Souza.

Para o debate, foram convidados representantes do TCE, da OAB/Mossoró, da UERN e da UFERSA, do Hospital Tarcisio Maia, das Secretarias de Saúde envolvidas, da Secretaria de Infraestrutura, Promotorias, Prefeituras e Câmaras Municipais do Estado, além de outras instituições ligadas ao tema e sociedade civil.

ALRN

Publicidade:
Assembleia Doe Órgãos

Candidatos têm até hoje para pagar a taxa de inscrição do Enem

image

Hoje (24) é o último dia para que os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) paguem a taxa de inscrição. Somente após o pagamento, a inscrição é confirmada. O pagamento pode ser feito em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos Correios. Os candidatos devem estar atentos aos horários estabelecidos pelas instituições onde farão o pagamento.

Devem pagar a taxa aqueles que não se enquadraram nos critérios de isenção e que, na hora da inscrição tiveram um Guia de Recolhimento da União (GRU) gerado. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) alerta que não confirmará inscrições cujo pagamento tenha sido feito por meio de GRU gerada fora do Sistema de Inscrição, assim como não aceitará inscrições em valores diferentes de R$ 82.

As instituições bancárias pedem um prazo de até três dias úteis para a confirmação das inscrições. O Inep recomenda que todos os inscritos confirmem a situação na Página do Participante. Dúvidas podem ser solucionadas pelo telefone 0800 616161 ou pelas redes sociais do Inep.

Pagamentos

O preço da inscrição no Enem aumentou este ano – no ano passado, a taxa foi de R$ 68. Pelas regras do edital, estão isentos os estudantes de escolas públicas que concluirão o ensino médio este ano, os participantes de baixa renda que integram o Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e os que se enquadram na Lei 12.799/2013 que, entre outros critérios, isenta de pagamento pessoas com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio, ou seja, R$ 1.405,50.

Atualmente, os pagamentos cobrem cerca de 30% do custo do exame, o restante é pago pelo Inep. No ano passado, por exemplo, o custo, de R$ 91,49 por participante, foi R$ 23,49 acima do valor pago. A autarquia diz que, mesmo com a alta, a inscrição no Enem está abaixo da média dos vestibulares do país, que é R$ 140.

Enem

As provas serão aplicadas em dois domingos consecutivos, nos dias 5 e 12 de novembro. O resultado das provas poderá ser usado em processos seletivos para vagas no ensino público superior, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento do Fies.

Até a última atualização do Inep, no último dia de inscrição, sexta-feira (19), às 15h, o exame tinha mais de 6,5 milhões de participantes. A expectativa da pasta é chegar a pelo menos 7 milhões de inscritos. O Inep divulgará o balanço completo no próximo dia 30.

Mariana Tokarnia – Repórter da Agência Brasil

Publicidade:
Centro Odontológico Eudson

ASSÚ: Secretaria de Saúde convoca população para imunizar-se contra a Influenza até sexta-feira

ilustração

Até aqui mais de 50% (cinquenta por cento) do público para o qual é direcionada a Campanha de Vacinação Contra a Gripe Influenza, em Assú, já foi alcançado, e o calendário de imunização – elaborado pelo Ministério da Saúde – se prolonga até a próxima sexta-feira, dia 26. Quem repassa a informação é a enfermeira Dorotéa Maia, coordenadora do Programa de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde do Assú. Ela orienta a população a procurar o Centro Clínico Dr. Ezequiel Epaminondas da Fonseca Filho os postos de saúde. O índice nacional da vacinação estabelecido para este ano objetiva imunizar 90% das pessoas dos grupos de vulnerabilidade, o que representa, em Assú, cerca de 13.430 pessoas.

A campanha acontece desde o dia 17 de abril e vivenciou seu “Dia D” no último dia 13, data em que foram postos em funcionamento diversos locais de atendimento nos setores urbano e rural. A vacina é administrada em crianças de 6 meses a 4 anos 11 meses e 29 dias, gestantes, puérperas (mulheres que já tiveram bebê até 45 dias após o parto) trabalhadores da área de saúde, povos indígenas, idosos (a partir de 60 anos de idade) adolescentes de 12 a 21 anos que estão sob medidas sócio educativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e portadores de doenças crônicas não transmissíveis. A novidade este ano foi a inclusão dos professores.

Prefeitura Municipal do Assú

Secretaria de Comunicação e Ouvidoria

Publicidade:

PREFEITURA DE ITAJÁ REALIZA OBRAS DE DRENAGEM

W1

W2

A Prefeitura de Itajá dá continuidade as obras de drenagem dos bairros Iguaraçu e Luiz Inácio. A partir desta obra será preparado o terreno para a pavimentação da Rua Francisco de Assis.

Esta é mais uma ação da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos em prol da nossa cidade.

Prefeitura Municipal de Itajá, Construindo com nossa gente!

Secretaria de comunicação de Itajá

Publicidade:

Brasil poderá substituir automóveis subcompactos a combustão por veículos elétricos até 2030

Beto_Energia_Renovavel

O deputado federal Beto rosado (PP) apresentou, na Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei 7582/2017, que prevê a substituição dos automóveis subcompactos, com capacidade para até cinco pessoas, que utilizam a combustão por veículos elétricos até 2030, quando o texto determina a proibição dos carros subcompactos poluentes no País.

A proposta visa incentivar a produção, comercialização e utilização de automóveis elétricos, reduzindo as emissões de poluentes, conforme acordado no Pacto Mundial sobre o Clima da Conferência de Paris, em dezembro de 2015.

O Projeto de Lei estabelece uma série de medidas para a substituição dos automóveis subcompactos. Entre elas, a redução de o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para os veículos elétricos e elevação gradativa para os que funcionam por combustão.

“Países como Holanda e Alemanha já aprovaram políticas públicas de substituição das suas frotas. O Brasil também precisa se modernizar, caminhando em busca do desenvolvimento sustentável. Nossa ideia é que, daqui a 13 anos, tenhamos uma frota majoritariamente composta por veículos elétricos”, explicou Beto Rosado.

Assessoria de comunicação

Publicidade:
Ultrassu

Programa do Artesanato Estadual é aprovado na Assembleia Legislativa

b95385e4-6056-4753-9469-9a665d545afd

O plenário da Assembleia Legislativa aprovou nesta terça-feira (23), à unanimidade, o Projeto de Lei de autoria do Governo de Estado que institui o Programa do Artesanato do Rio Grande do Norte (PROARTE-RN). A proposta tem por finalidade fortalecer e fomentar o desenvolvimento do artesanato potiguar. Líder do Governo na Casa, o deputado Dison Lisboa (PSD) destacou a aprovação da matéria.

“É um projeto de grande relevância para o segmento, que visa à melhoria das condições de vida dos artesãos, preservando os aspectos culturais e ambientais do Estado”, disse ele reforçando também as emendas apresentadas ao projeto na Assembleia Legislativa. “Contribuem e enriquecem a proposta”, acrescentou Dison.

Dentre as alterações encartadas no projeto original, destaca-se a que regulamenta o percentual de reserva de exposição de produtos artesanais oriundos de artesãos e produtores potiguares em espaços públicos de comercialização mantidos pelo Estado. A emenda estabelece o percentual de 20% nos dois primeiros anos de vigência da lei; 40% no terceiro e quarto ano; e 60% a partir do quinto ano.

Autores da emenda que condicionam os percentuais de exposição dos produtos artesanais locais, os deputados Hermano Morais (PMDB) e Márcia Maia (PSDB) comentaram as modificações sugeridas. “Desde o início nos preocupamos em conversar com o segmento, realizando reuniões e audiências públicas para aperfeiçoar o projeto”, observou Márcia. Para Hermano, as modificações, precedidas de discussões anteriores, “enriquecem a matéria”.

Outra emenda encartada pelo Legislativo Estadual ao projeto estabelece que os produtos artesanais produzidos no Estado sejam certificados pelo “Selo de Qualidade Artesanal Potiguar”, instituído por meio da Lei nº 10.173, de autoria da deputada Márcia Maia.

O Projeto de Lei segue agora para apreciação pelo Executivo Estadual.

CCJ vai aprofundar discussão de quatro matérias encaminhadas pelo Executivo

0407e712-a867-4885-83c6-368b17fdfd66

Em sua reunião plenária desta terça-feira (23), a Comissão de Constituição,Justiça e Redação (CCJ) transferiu para a próxima reunião, dia (30) a apreciação de quatro matérias com origem no Executivo. As mais discutidas foram os projetos de lei 23/2017 que dispõe sobre a utilização pelo Estado da parcela dos depósitos judiciais e administrativos em dinheiro, para pagamento de precatórios e o Projeto de Lei 24/2017 que dispõe sobre o fundo de reserva dos depósitos judiciais constituído com observância da Lei Complementar Federal 151 de 2015.

“Transferimos essas matérias para a próxima reunião para que haja aprofundamento do debate. Antes da reunião recebemos comissão da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RN) que tem subsídios para apresentar, bem como a Associação dos Magistrados. Há necessidade de debate sobre a sua constitucionalidade. A OAB inclusive vai encaminhar uma nota técnica”, afirmou a presidente da CCJ, deputada Márcia Maia (PSDB).

Outra matéria com origem no Governo do Estado é o Projeto de Lei complementar 08/2017 que dispõe sobre a realização de acordos judiciais e extrajudiciais, dispensa de propositura ou desistência de ações judiciais e recursos, adjudicação de bens móveis e imóveis, compensação de créditos inscritos em precatório e requisição de pequeno valor e institui a Câmara de Conciliação de Precatórios da Procuradoria Geral do Estado.

Já a matéria que dispõe sobre o Serviço de Inspeção Estadual (SIE) e dá outras providências teve pedido de vista pela deputada Larissa Rosado. Duas matérias foram aprovadas. A que desobriga os municípios da apresentação de certidões para o recebimento de transferências de recursos e a que Institui o Fundo de Investimentos de Infraestrutura do Estado.

Participaram da reunião os deputados Larissa Rosado (PSB), José Adécio (DEM), Albert Dickson (PROS), Carlos Augusto (PSD), Nelter Queiroz (PMDB) e Kelps Lima (Solidariedade), integrantes da Comissão e mais os deputados Dison Lisboa (PSD) e Fernando Mineiro (PT).

Nélter solicita prioridade para adutora da barragem Boqueirão

4c4aac30-4ce0-4361-8b82-cb01a7e885d8

Em pronunciamento na sessão plenária desta terça-feira (23), o deputado Nélter Queiroz (PMDB) abordou a necessidade de uma adutora provisória da barragem Boqueirão para atender o município de Jardim do Seridó. O parlamentar está reivindicando que a obra seja realizada com urgência, devido aos graves problemas no abastecimento de água da cidade.

“Esta é uma solicitação que faço em conjunto com outros representantes do município, como os vereadores, na pessoa do presidente da Câmara, Iron Júnior, com o ex-prefeito Padre Jocimar e com a população. A cidade está com o abastecimento precário”, destacou o parlamentar.

Existe uma previsão de que a cidade conte com abastecimento por somente 30 dias. O deputado disse que já esteve tratando do problema com o governador Robinson Faria, na semana passada; também manteve audiência na Caern e agora está oficializando o pleito na Assembleia Legislativa.

A barragem Boqueirão conta com 16 milhões de metros cúbicos de água. A adutora provisória para atender Jardim do Seridó terá uma extensão de 18 quilômetros.

Gustavo Carvalho relata luta para retorno do fornecimento d`água em Caicó

GC

O deputado Gustavo Carvalho (PSDB) prestou contas nesta terça-feira (23) da ações que desenvolveu juntamente com o prefeito de Caicó, Robson Araújo (PSDB), conhecido como Batata, para viabilizar a retomada do abastecimento da água no município que chegou ao 18º dia de corte no fornecimento.

“Conseguimos, emergencialmente, o fornecimento de 30% de Caicó a partir do açude Itans que tem somente 1,7% de sua capacidade. Mas diante da situação caótica este manancial terá que ser utilizado. Haverá reforço no abastecimento por carro-pipa no programa Vertente e técnicos da Caern foram para Jucurutu na manhã desta terça-feira para avaliar a situação da adutora de engate rápido que recentemente teve o gerador incendiado”, explicou o deputado Gustavo Carvalho.

O deputado detalhou as medidas acima em consequência da audiência que teve, ao lado do prefeito de Caicó, Batata, na Caern. “Da reunião participaram o diretor-presidente, Marcelo Toscano, a chefe de gabinete civil, Tatiana Mendes Cunha, os secretários de estado envolvidos com a demanda e técnicos da defesa civil”, disse Gustavo Carvalho anunciando que o estado de calamidade pública para a cidade de Caicó tinha sido decretado.

ALRN

Publicidade:
Dra Isabela

Cidade Gestora: Encontro promoveu interação entre municípios com o tema “Resultados que Transformam”

cidade gestora - ipanguaçu OK

Aconteceu nesta terça-feira (23), no Rifóles Resort Hotel em Natal/RN, o primeiro encontro Cidade Gestora, com iniciativa da ASG Qualidade em Educação e a Portabilis Tecnologia, que se uniram para organizar este evento e reunir gestores e profissionais das cidades que já obtiveram resultados transformadores, com cidades que estão em fases menos avançadas ou que ainda estão conhecendo a iniciativa, visando a troca de conhecimento e aprendizado.

Na ocasião, estiveram participando do encontro a Secretária Municipal de Educação de Ipanguaçu, Jeane Dantas, e Coordenadores Técnicos de Informática da Prefeitura. A secretária ressaltou o compromisso do Prefeito Valderedo Bertoldo com o desenvolvimento do município que, atento as necessidades, vem proporcionando mais qualificação aos servidores públicos municipais, disponibilizando oportunidade de interação e conhecimento em prol do avanço de todos.

Exemplo no estado e prova de resultados transformadores, foram destacados os avanços alcançados na cidade de Monte Alegre/RN, cidade potiguar com pouco mais de 20 mil habitantes, que foi destaque no Portal do Governo Federal e MEC por conseguir economizar 2,4 milhões somente na área da educação.

O “1º Cidade Gestora – Resultados que transformam” contou com palestras, talks, dinâmicas, workshops voltados a temas como motivação profissional, planejamento e medição de resultados, cidade digital e gestão escolar, demonstrando como é possível Ipanguaçu também alcançar resultados transformadores.

Fonte: Assecom PMI | Foto: Secretaria de Educação

Publicidade:

Diretor da Caern nega possibilidade de privatização da empresa

193101

Na manhã desta terça-feira (23), o Diretor Presidente da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), Marcelo Toscano afastou qualquer possibilidade de privatização da companhia. Através da divulgação de ofício enviado à presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Maria Silva Bastos Marques, em 26 de outubro de 2016, Toscano ressaltou que ao aderir ao programa do Governo Federal, o Governador Robinson Faria descartou qualquer possibilidade de privatização, “há de ressaltar que a posição do Estado do Rio Grande do Norte é a de não privatizar a Caern ou de proporcionar qualquer outra modalidade de transferência integral de suas ações ao setor privado”, afirma através de Ofício. O posicionamento de não privatizar a Caern tem sido reafirmado energicamente pelo Governador do Estado.

Os estudos que o Diretor se refere serão realizados através do Programa de Investimentos do BNDES. Toscano destaca que em todo país, 18 companhias de Saneamento aderiram ao programa. De acordo com o diretor presidente, Marcelo Toscano o estudo visa avaliar as áreas da companhia que necessitam de investimentos.

A CAERN

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) foi criada em 2 de setembro de 1969 pelo então governador monsenhor Walfredo Gurgel. A empresa incorpora e põe em prática sua missão de atender toda a população do Rio Grande do Norte com água potável, coleta e tratamento de esgotos.

Atualmente, a Caern é responsável pela maior obra do Governo do Estado que tem como objetivo deixar a cidade do Natal com 100% de cobertura de esgotamento sanitário. Ainda sobre a Caern, vale destacar que, em 2016 foi destacada entre uma das 1000 Melhores e Maiores empresas do Brasil de acordo com o ranking da revista Exame da Editora Abril. A edição especial de julho de 2016, mostrou a companhia na posição 953, 45 posições acima da classificação anterior. Dentre as melhorias da empresa, além das obras, merece destaque, o atendimento ao consumidor que passou por uma reformulação em 2016; o novo contact center (115) funciona 24h para atender a população.

Paulo Freire – Assessor de Comunicação

Publicidade:
Assembleia Leg

George Soares solicita implantação do Programa de Resistência às Drogas em AssÚ

68524df9-9e16-40c5-8352-886a8a9c5c6a

O deputado estadual George Soares (PR) apresentou requerimento ao Governo do Estado solicitando a implantação do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) para o município do Assú. Para o deputado, é preocupante o índice de consumo de drogas na região.

“Um dos problemas que mais aflige a sociedade assuense atual, de forma contundente, está diretamente ligado ao uso de drogas, e a melhor maneira de prevenção está no processo educativo”, disse George Soares.

George Soares destaca que conhece a eficiência do Proerd e que o Programa proporciona melhores condições para o desenvolvimento de ações efetivas na prevenção primária ao uso de drogas, através de atividades e aulas que mostram os malefícios causados à saúde física e mental dos usuários.

O requerimento foi apresentado em conjunto com o vereador de Assú, Wedson Nazareno (PR).

ALRN

Publicidade:

Ezequiel Ferreira encampa frentes para combater efeitos da estiagem no RN

56ce8b3c-ee5e-447b-8b16-7dd8a35abaa4

O mais recente diagnóstico da Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (Emparn), segundo o qual o Rio Grande do Norte, vai atravessar mais um ano de seca, o sexto seguido, reforçou a ideia de que, se não há ação da natureza, então depende do homem, amenizar os efeitos da estiagem. Ação que pode ser feita com sucesso, desde que haja planejamento e coordenação. Com esse entendimento, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), tem atuado numa força tarefa que envolve diversos agentes públicos para que o homem sertanejo e a população urbana do interior do Estado tenham os efeitos da estiagem amenizados.

“Buscar e ajudar nessas soluções é nossa obrigação. O problema da seca é sério e afeta diretamente milhões de norte-rio-grandenses. Por isso, pedimos atenção especial aos gestores em busca de soluções para a população, porque os pleitos, ao fim, não são daquele gestor, mas das pessoas atingidas por tão severa estiagem”, declarou o presidente da Assembleia Legislativa, que também preside o Comitê de Ações de Combate à Seca.

O mais recente exemplo dessa coordenação em busca de resultados contra a seca foi uma reunião na Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), da qual participaram representantes de 12 cidades, entre prefeitos, vices e vereadores. Com 153 dos 167 municípios em estado de emergência e prejuízos de R$ 4 bilhões, a seca tem impelido cada vez mais comum que prefeitos peçam ajuda a lideranças como Ezequiel Ferreira de Souza em busca de soluções.

As demandas intermediadas pelo presidente da Assembleia Legislativa não ficam apenas limitadas ao encontro onde são debatidas. No caso da reunião entre dirigentes municipais na Caern, a companhia designou equipe para avaliar os pleitos das 12 cidades, de diversas regiões e que têm população de 128 mil pessoas juntas.

Os pedidos variam desde a recomposição de redes de abastecimento até a renegociação de débitos dos municípios com a companhia. Preliminarmente, o presidente da Caern, Marcelo Toscano, antecipou a maioria dos pleitos dessas cidades intermediados por Ezequiel Ferreira serão atendidos.

“Agradecemos a disposição do deputado Ezequiel Ferreira em colaborar”, registrou a prefeita de Tenente Laurentino, Sueleide de Morais, uma das cidades que terá a reativação de poços. A ela se somou a prefeita de Serra de São Bento, Wanessa Gomes de Morais: “Quanto mais apoio tivermos, melhor para a população de nossa cidade”, agradeceu.

O empenho que o presidente da Assembleia Legislativa do Estado tem demonstrado no combate aos efeitos da estiagem é tão duradouro quanto a própria seca que afeta o Rio Grande do Norte.

Caminhões-pipa para abastecer o interior

Preocupado com a situação crítica do abastecimento de água no interior, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) encaminhou requerimento ao Governador Robinson Faria (PSD) e à secretária do Gabinete Civil do Governo, Tatiana Mendes Cunha solicitando a implementação da Operação Vertente II para cidades em situação crítica de abastecimento de água potável. A operação faz o abastecimento com a utilização de caminhões-pipa.

“Com o objetivo de abastecer com água potável as idades que estavam em situação de colapso, o Governo lançou em setembro do ano passado a Operação Vertente que por meio de caminhões-pipa, cerca de 110 mil pessoas do Oeste e Seridó já foram beneficiadas. Agora o Governo está em fase de implantação da Operação Vertente II, que deve abastecer, inicialmente, 19 cidades, alcançando cerca de 90 mil pessoas”, justificou o deputado Ezequiel.

O parlamentar solicitou o benefício para as cidades, Angicos, Barcelona, Bom Jesus, Coronel Ezequiel, Currais Novos, Cruzeta, Espírito Santo, Lagoa Nova, Lajes, Macau, Nova Cruz, Pedro Velho, Poço Branco, Serra de São Bento, Serra Negra do Norte, Tenente Laurentino Cruz e Ouro Branco.

Os caminhões dessa Operação contam com sistema de georreferenciamento e têm os seus percursos monitorados, desde os mananciais de captação de água até sua entrega aos moradores, direto do Centro Administrativo em Natal.

“O governo do Estado recebeu autorização da nova parcela de recursos do governo federal, no valor de R$ 9,4 milhões para a nova fase da Operação. O montante autorizado pelo Ministério da Integração corresponde à segunda parcela do auxílio emergencial assegurado pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Social. O total de recursos federais destinado à Operação Vertente soma R$12,7 milhões”, reforça o deputado Ezequiel.

Histórico

O histórico de lutas registra várias parcerias. Com a Federação da Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Norte (Faern), em abril deste ano, a Assembleia Legislativa firmou parceria para apresentação de um pacote de iniciativas tecnológicas para o trabalhador rural, beneficiando pequenos produtores.

No ano passado, esses mesmos produtores puderam respirar mais aliviados quando puderam renegociar suas dívidas rurais. A medida foi autorizada pelo Senado Federal em medida provisória. No Rio Grande do Norte, o presidente do Poder Legislativo já tinha capitaneado junto aos senadores potiguares uma intervenção no sentido do benefício alcançado.

Para além do Rio Grande do Norte, Ezequiel foi ao Ceará e Pernambuco se articular com esses estados por pleitos mais regionalizados de combate a seca. A união foi uma consequência do alcance que o Comitê de Ações de Combate à Seca conseguiu. O grupo especial foi criado em 2015 e agora se depara com os desafios da transposição do rio São Francisco.

ALRN

Publicidade:
Ultrassu