Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

ASSÚ: Comitiva da Caixa apresentou projeto de superintendência regional de Varejo ao Executivo

Dentro de sua agenda administrativa desta quinta-feira, dia 23, o prefeito do Assú, Gustavo Montenegro Soares, recebeu em seu gabinete a visita do gerente regional de Varejo da Caixa Econômica Federal, George Carvalho Lima Filho; do titular da futura superintendência regional de Varejo em Mossoró, Arthemes Luiz Nogueira Morais; e, do gerente geral substituto da agência em Assú, Janderson Renart. Em breve, a instituição financeira instalará a unidade descentralizada em Mossoró, com jurisdição por diversos municípios da região, dentre os quais o Assú.

O superintendente transmitiu ao prefeito que a implementação de tal célula regional foi resultado de estudos que apontaram o potencial promissor da região e do estado. Mossoró será a segunda cidade do estado – depois de Natal – a contar com uma superintendência do gênero. George Carvalho ressaltou que o grande propósito da instalação dessa superintendência é a conseguir a aproximação da população e dos entes públicos com a Caixa Econômica Federal, melhorando a qualidade do atendimento e dando celeridade à liberação de financiamentos e créditos em geral.

O diálogo também versou sobre o alinhamento entre Prefeitura do Assú e Caixa Econômica em realizações que envolvem recursos oriundos da União e que têm a Caixa como órgão interveniente no repasse destes valores, dentre outros pontos tratados durante a reunião entre a comitiva do agente financeiro e a administração municipal. Também compareceram ao encontro, acompanhando o prefeito, a consultora de Convênios da Prefeitura, Mirlene Aurino de Paula Batista; e, a consultora de Engenharia da Secretaria Municipal de Obras, Nayara Jhéssica Marques da Fonsêca.

Imagem: Assessoria

Prefeitura Municipal do Assú
Secretaria de Comunicação e Ouvidoria

Publicidade:

CAERN: Estação Elevatória de Água DUNAS em NATAL passará por manutenção nesta sexta-feira (24)

Nesta sexta-feira (24), a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) realiza uma manutenção corretiva na subestação da Estação Elevatória de Água (EEA) de Dunas para substituição de chaves fusíveis e de para-raios. Durante a manutenção, o fornecimento de água para o bairro de Mãe Luiza estará suspenso ou reduzido, bem como haverá redução no abastecimento para os bairros de Santos Reis, Ribeira e Rocas, entre 8h e 16h. Assim que o serviço for concluído a distribuição será regularizada, já o prazo de normalização, ou seja, para que todos os imóveis estejam abastecidos é de até 72h. A recomendação da Caern é que a população reserve água e utilize de maneira racional.

Assessoria de Comunicação Social – ACS

Publicidade:
Clinica Sorrir

TIBAU: PREFEITURA VOLTA A RESTRINGIR ACESSO À CIDADE

A Prefeitura Municipal de Tibau, cidade situada no setor litorâneo do Oeste do RN, emitiu novo Decreto, o nº 029/2020, nesta quinta-feira (23), em que estabelece novas medidas de prevenção e enfrentamento da situação de emergência ocasionada pela pandemia do coronavírus.

Pelo Decreto, o município volta a partir desta sexta-feira (24) a ter barreiras sanitárias, que serão intensificadas neste final de seminais e o próximo, ainda do mês de julho, tendo ainda, mais duas barreiras nos dois primeiros finais de semana do mês de agosto.

A intensificação das barreiras sanitárias fixas instaladas nos acessos à cidade de Tibau, segundo a administração municipal, tem por objetivo reduzir os exageros ocasionados por algumas pessoas, como um fato que aconteceu no último final de semana.

Entre as medidas está a proibição de acesso de veículos automotores e motocicletas à cidade de Tibau sem que os seus ocupantes apresentem documento de identificação e cópia legível do comprovante de residência ou local ou documento equivalente.

Além disso, os ocupantes dos veículos somente terão acesso à cidade caso estejam fazendo uso obrigatório de máscaras e de álcool em gel 70%.

O Decreto também traz como medida, que os responsáveis pelos estabelecimentos privados deverão limitar o uso de cinco mesas, em ambiente interno e em cinco no ambiente externo, com apenas 4 cadeiras por mesa.

Deverão também, garantir a circulação de ar externo nos estabelecimentos, mantendo-se as janelas e portas abertas, sendo recomendada a não utilização de aparelhos de ar condicionado.

Também se recomenda, que todos os clientes, antes de adentrarem ao estabelecimento, tenham as mãos higienizadas com álcool em gel 70% ou com água e sabão, além da exigência do uso obrigatório de máscara.

Também fica mantida a proibição de aglomeração de pessoas em qualquer ambiente, seja público ou privado, interno ou externo, para realização de atividades de quaisquer naturezas, bem como o uso de som automotivo nas áreas públicas de todo o território do município.

A desobediência aos comandos previstos no Decreto caracteriza infração administração e sujeitará ao infrator a aplicação de penalidades administrativas e criminais.

Já em relação aos estabelecimentos comerciais privados que insistirem em desobedecer às determinações sanitárias impostos no Decreto, poderão ser penalizados com a medida administrativa de suspensão do Alvará de funcionamento.

Pauta Aberta

Postado por Iria Araujo

Publicidade:
JC Contabil

PERIGOS DA REABERTURA: Retorno de alunos às aulas deverá colocar 9,3 milhões de pessoas com problemas de saúde em risco, diz Fiocruz

 Foto: Athit Perawongmetha/Reuters

O retorno dos alunos às aulas deverá colocar em risco 9,3 milhões de idosos e adultos (4,4% da população do país) com problemas de saúde e comorbidades, de acordo com pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) que conta com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O grupo têm chance de pegar a Covid-19 por viver na mesma casa que crianças e adolescentes em idade escolar. No início de julho, o Ministério da Educação (MEC) divulgou as diretrizes para a retomada das aulas presenciais. Até esta terça-feira (21), pelo menos nove estados e o Distrito Federal já discutiam o retorno da rede pública nos próximos dois meses, de acordo com levantamento do G1.

Segundo a Fiocruz, o estado de São Paulo é o que tem a maior quantidade de adultos e idosos que poderão se arriscar com a volta às aulas: cerca de 2,1 milhões de pessoas. Em seguida: Minas Gerais, com 1 milhão; Rio de Janeiro, com 600 mil; e Bahia, com 570 mil. Por outro lado, o Rio Grande do Norte é o que tem a maior porcentagem da população na situação: 6,1% do total.

Grupos incluídos na pesquisa

Os pesquisadores do Instituto de Comunicação e Informação em Saúde da Fiocruz analisaram os dados dos adultos com idade entre 18 e 59 anos com diabetes, doenças do coração ou do pulmão e dos idosos (com 60 anos ou mais). Eles levaram em conta apenas aqueles que moram junto com crianças e adolescentes de 3 a 17 anos, ou seja, em idade escolar.

G1

Publicidade:

Senado aprova MP que concede auxílio emergencial a artistas

O Senado aprovou hoje (22) a Medida Provisória (MP) 986/2020, que define as regras de repasse da verba de apoio ao setor cultural, conforme previsto pela Lei Aldir Blanc, sancionada em junho. A MP também estabelece prazo de 120 dias para estados e o Distrito Federal devolverem à União recursos não usados do auxílio emergencial ao setor cultural devido à pandemia de covid-19.

O texto foi alterado pelo relator no Senado, Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB), e, por isso, volta à Câmara para nova apreciação. Entre as alterações está a inclusão de um dispositivo que remete a verba não utilizada no prazo para os fundos estaduais de cultura. Outra emenda acatada pelo relator traz a obrigação de estados e municípios, além do DF, de apresentarem a lista beneficiados pelos repasses.

A MP reafirma que a aplicação dos recursos está limitada aos R$ 3 bilhões liberados pela União. Caso municípios, estados e Distrito Federal queiram aumentar os valores, deverão fazer a complementação com recursos próprios.

A Lei Aldir Blanc prevê o pagamento de três parcelas de um auxílio emergencial de R$ 600 mensais para os trabalhadores da área cultural, além de um subsídio para manutenção de espaços artísticos e culturais, microempresas e pequenas empresas culturais, cooperativas e organizações comunitárias. Esse subsídio mensal terá valor entre R$ 3 mil e R$ 10 mil, de acordo com critérios estabelecidos pelos gestores locais.

Trabalhadores do setor cultural, microempresas e empresas de pequeno porte também terão acesso a linhas de crédito específicas para fomento de atividades e aquisição de equipamentos e condições especiais para renegociação de débitos, oferecidas por instituições financeiras federais.

De acordo com a lei, poderão ser realizados editais, chamadas públicas e prêmios, entre outros artifícios, para a manutenção e o desenvolvimento de atividades de economia criativa e economia solidária, cursos, manifestações culturais, produções audiovisuais, bem como atividades artísticas e culturais que possam ser transmitidas pela internet ou por meio de plataformas digitais.

Agência Brasil

Publicidade:
Leila cabeleileira

RN chega a 45.184 casos confirmados de Covid-19 e 1.636 mortes pela doença

Foto: Ilustrativa

O Rio Grande do Norte chegou à marca de 45.184 casos confirmados do novo coronavírus desde o início da pandemia. Além disso, o estado soma 1.636 morte por Covid-19 durante este período. Os dados foram atualizados no boletim da doença da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) nesta quarta-feira (22).

O aumento nas últimas 24 horas foi de 917 novos casos confirmados e de 15 novos óbitos registrados. No boletim de terça-feira (21), o estado tinha 44.267 casos confirmados e 1.621 óbitos.
De acordo com o relatório desta quarta, o Rio Grande do Norte ainda 57.202 casos suspeitos e 69.857 descartados. Ao todo, 200 mortes estão sob investigação.

O número de recuperados da doença também subiu para 17.457 – 1.235 a mais que os 16.222 divulgados no boletim anterior.

Am relação às internações, 496 pessoas seguem internadas com Covid-19 no RN, sendo 340 na rede pública e 156 na rede privada. Em relação aos leitos críticos (semi intensivo e UTIs), a taxa de ocupação na rede pública é de 86,05% e na rede privada de 49%.

De acordo com o boletim, o RN já realizou 122.585 testes do novo coronavírus, sendo 53.984 RT-PCR e 68.601 testes sorológicos.

Números do coronavírus no RN

45.184 casos confirmados
1.636 mortes
17.457 confirmados recuperados
57.202 casos suspeitos
69.857 casos descartados

Por G1 RN

Publicidade:
JC Contabil

Receita Federal lança atendimento virtual no Rio Grande do Norte

Imagem: Ilustração

A Receita Federal lançou nesta quarta-feira (22) um atendimento virtual no Rio Grande do Norte. O serviço de “chatbot” realiza um atendimento inteligente e é feito através do chat do aplicativo Telegram. Na busca, é necessário procurar pelo canal “ReceitaFederalOficial”.

O software simula uma conversação e tira as dúvidas de quem entrar em contato de forma rápida. Nesse espaço, as pessoas vão poder solicitar serviços relacionados ao CPF, enviando todas as informações e documentos exigidos para que a Receita Federal faça a análise e conclua o processo.

Neste primeiro momento, os serviços relacionados ao CPF que estarão disponíveis são: atualização e alteração de dados; regularização; segunda via; informação do número do CPF; consulta à situação cadastral; e consulta ausência de DIRPF (exercício omisso).

Segundo o órgão, essa medida reforça a necessidade de evitar que as pessoas se desloquem para algum posto, agência ou centro de atendimento da Receita Federal, de forma a proteger a saúde dos servidores e cidadãos em função da pandemia do coronavírus.

Por G1 RN

Publicidade:

ASSÚ: Município investe R$ 215 mil na compra de testes rápidos para diagnóstico da COVID-19

Salvaguardada pela legislação excepcional que permite a realização de ações sem necessidade de processo licitatório para atividades cujo fim seja a prevenção e combate ao coronavírus e em defesa da saúde da população, a Prefeitura do Assú está realizando um investimento com tal característica no valor total de R$ 215 mil na contratação da empresa Sinergia Médica Comércio de Artigos Médicos e Ortopédicos Ltda. O extrato da Dispensa de Licitação referente ao citado contrato, firmado no âmbito da Secretaria Municipal de Saúde, assinado pelo prefeito Gustavo Montenegro Soares, teve divulgação nesta segunda-feira, dia 20, no Diário Oficial do Município.

Conforme a publicação, o objeto do contrato é a aquisição de 2.500 (dois mil e quinhentos) kits de testes rápidos para diagnóstico da COVID-19. A providência se observa em caráter de urgência para o enfrentamento da emergência de saúde pública em consequência da pandemia mundial, com respaldo na Lei nº Lei 13.979, de 06 de fevereiro de 2020; e, no Decreto Municipal nº 021, de 1º de abril de 2020. Os testes rápidos são produtos para diagnóstico de uso “in vitro” e podem identificar anticorpos, ou seja, uma resposta do organismo quando este teve contato com o vírus, recentemente (IgM) ou previamente (IgG), dentre outros propósitos.

Imagem: Assessoria

Prefeitura Municipal do Assú
Secretaria de Comunicação e Ouvidoria

Publicidade:
Campanha Criança Disk 100

Governo do RN libera atividades presenciais religiosas a partir do dia 29

Imagem: Ilustração

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, anunciou para o próximo dia 29 a retomada das atividades presenciais religiosas no estado. A medida foi confirmada durante videoconferência realizada na tarde desta quarta-feira (22), com a participação de representantes de instituições religiosas e da Assembleia Legislativa.

Até o dia 29, o governo vai publicar portaria no Diário Oficial do Estado tratando da regulamentação da realização de cultos presenciais em locais abertos, sem uso de ar-condicionado, para um público de até 100 pessoas, ampliando a publicação anterior que estabeleceu o funcionamento de igrejas, templos, espaços religiosos e estabelecimentos similares conforme recomendações sanitárias. O acesso aos templos para orações individuais, com distanciamento mínimo entre os frequentadores para evitar aglomerações, já era permitido.

Fátima Bezerra ressaltou a necessidade da adoção de todos os protocolos sanitários essenciais para uma retomada segura para toda a população. “Entendemos completamente o desejo do disciplinamento da atividade que, sobretudo durante a atual pandemia, é algo de grande importância. Importante pontuar que a pandemia não acabou ainda, a Covid não foi vencida. Como não temos a vacina, a vacina é o respeito às avaliações e aos protocolos recomendados pelo Comitê Científico Estadual”, falou a governadora.

O secretário chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves, destacou que só em uma segunda fase será possível pensar em um público superior a 100 pessoas, mas limitado a uma pessoa a cada 5m². “A cada semana fazemos uma avaliação da pandemia no RN com o Comitê para a tomada de decisões”, disse.

Para atender ao público considerado do grupo de risco, seja pela faixa etária ou com alguma comorbidade, o representante da Arquidiocese de Natal informou que as missas continuarão sendo transmitidas pela internet em diversas paróquias do estado.

Por G1 RN — Natal

Publicidade:

ASSÚ: Nova licitação para aquisição de kits de cestas básicas acontecerá dia 30 deste mês

A aquisição emergencial de kits na modalidade de cestas básicas que objetivam contemplar a faixa populacional do Assú mais afetada socialmente pelos gargalos gerados pela pandemia do coronavírus será objeto de nova licitação pública na esfera da Prefeitura Municipal. O Pregão Eletrônico nº 014/2020, está marcado para 9 da manhã do dia 30 de julho, quinta-feira da próxima semana, segundo aviso publicado pela CPL na edição de sexta-feira, 17 de julho, do Diário Oficial do Município. O certame licitatório objetiva a compra de 1.000 (mil) unidades e atenderá demanda no âmbito da Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho, Cidadania e Habitação.

O secretário Carlos Júnior explica que esta nova compra de gêneros alimentares de primeira necessidade se observa com uso de recursos oriundos da União e complementação do município. Além das 12 mil cestas já licitadas e que se voltam para famílias vulneráveis favorecidas pelo programa Bolsa Família, adquiridas com dinheiro da arrecadação própria da Prefeitura e emendas impositivas dos vereadores – cuja segunda etapa se observará em agosto –, esta nova compra de insumos alimentícios será direcionada para 123 famílias de menores portadores de deficiência assistidos pela APAE-Assú, com fundamentação na Portaria nº 369/2020 do Ministério da Cidadania, dentro das ações emergenciais por conta da COVID-19.

Imagem: Assessoria

Prefeitura Municipal do Assú
Secretaria de Comunicação e Ouvidoria

Publicidade:
JC Contabil