Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

JOANILSON RÊGO CRITICA DISCRIMINAÇÃO DE PESQUISA ONDE NOMES DO PSDC NÃO APARECEM NO QUESTIONÁRIO

Nas injustiças que poderiam ser corrigidas pelos ditames da consciência.

Refiro-me a uma pesquisa de intenções de votos para o Senado da República, na qual não consta o meu nome, apesar da publicidade e notoriedade de minha pré-candidatura, referida em várias entrevistas nas principais Rádios do Estado, em blogs, etc.

Tal fato não constitui uma inovação. Repete-se a cada campanha.

Entretanto, apesar dessa inexplicável discriminação, ainda obtive, no pleito passado no qual me candidatei ao Senado, a expressiva soma de 66.700 sufrágios.

Recordo o filósofo-historiador: “A idade de ouro foi instituída primeiro, a qual, sem opressão, cultivava a lealdade e a justiça, por sua própria vontade, sem lei.”

Não gostaria de denunciar, de reivindicar, de recorrer ao Judiciário.

Bastaria que os Contratantes, em acordo com os técnicos, recomendassem, em homenagem à verdade dos fatos, à transparência, à isonomia, à ética e à justiça, que as pesquisas refletissem a realidade, sem privilégios ou discriminações.

A idade de ouro não ficaria tão longe!…

Com informações da página no Facebook Joanilson de Paula Rêgo

José Regis de Souza

REGIStrando

Publicidade:
Leila cabeleileira