Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

IVAN JÚNIOR PAGOU A SI PRÓPRIO MAIS DE R$ 61 MIL E DEIXOU PARTE DOS SERVIDORES SEM SALÁRIO EM DEZEMBRO

images (7)

Ao ser entrevistado, nesta terça-feira, dia 10, dentro do programa “Frente a Frente”, na Rádio Princesa do Vale, em Assú, o secretário municipal de Administração e Recursos Humanos do governo Gustavo Soares (PR), Clebson Corsino, revelou que, depois de optar por deixar em dia a folha de pessoal dos servidores comissionados de sua gestão, concluída em dezembro passado, em detrimento de parte dos efetivos, o ex-prefeito derrotado, Ivan Júnior (PROS), ainda garantiu a si próprio uma remuneração superior a R$ 61 mil.

O auxiliar da atual administração frisou que os dados são de inteiro conhecimento público e podem ser acessados por qualquer cidadão através do Portal da Transparência do município.

Clebson Corsino disse que, enquanto uma expressiva parcela dos funcionários efetivos da Educação – os 60% do FUNDEB e os 10% do setor – e todo o contingente de servidores da Saúde, se viram privados da remuneração para as festividades de Fim de Ano e Ano Novo, o ex-mandatário municipal não se fez de rogado e “se pagou” a importância de mais de R$ 61 mil.

Publicidade: