Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

Governo Federal libera 200 mil toneladas de milho para pequenos criadores do Nordeste

637x325

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) disponibilizará mais 250 mil toneladas de milho dos estoques públicos para pequenos criadores e agroindústrias de pequeno porte de todo o país.

Cerca de 200 mil beneficiarão criadores de aves, suínos, bovinos, caprinos e ovinos do Nordeste, afetados pela seca.

O reforço ao Programa de Vendas em Balcão foi anunciado nesta quarta-feira (15) pelo presidente Michel Temer, em cerimônia no Palácio do Planalto, registra informação da assessoria de imprensa da estatal.

Ao longo de 2016, o Governo Federal, através da Conab, proporcionou o acesso direto de 25,3 mil pequenos criadores e agroindústrias de pequeno porte de todo o Brasil a mais de 165 mil toneladas de milho em grãos, para utilização na ração animal.

O produto foi vendido sem intermediários a preços compatíveis com os dos mercados atacadistas locais.

A atuação da Conab foi intensa no Nordeste, devido à estiagem.

Foram vendidas 91,2 mil toneladas para 15,5 mil pequenos criadores e agroindústrias da região.

Os criadores do CE foram os que mais adquiriram o milho do Programa (27 mil t), seguidos do PI (19,5 mil t).

Para comprar milho pelo Programa de Vendas em Balcão, é necessário fazer um registro prévio no Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais (SICAN), disponível no site da Conab pelo link http://www.conab.gov.br/conteudos.php?a=1580&t=2.

A seguir, o produtor deve comparecer a uma unidade da Conab levando cópia do RG e do CPF, além de comprovantes de identificação, de endereço, de qualificação de suas atividades e de escala de produção/consumo.

No caso dos criadores de bovinos, também é necessária a apresentação de comprovante de vacinação do rebanho contra a febre aftosa.
A Conab aceita documentos de outros órgãos de extensão rural ou das entidades de classe.

O pagamento do produto é realizado à vista, via Guia de Recolhimento da União (GRU).

Postado por Lúcio Flávio

Publicidade: