Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

Garibaldi participa da abertura do Congresso Nacional da Indústria de Água Mineral

O senador Garibaldi Filho (MDB) participou da solenidade de abertura do 27º Congresso Brasileiro da Indústria de Águas Minerais e Naturais, na manhã desta quarta-feira (5), em Natal, onde foi convidado a fazer o discurso inicial. O evento acontece até o próximo dia 7, com o tema; “Inteligência Artificial e Fidelização na Conquista de Novos Clientes”.

Em sua fala, o senador lembrou que a indústria de águas minerais e naturais gera mais de 400 mil empregos diretos no Brasil, totalizando 600 empresas registradas, sendo o segmento na mineração nacional que mais emprega. Ele destacou ainda a qualidade da sustentabilidade do setor, já que as empresas preservam uma área correspondente ao tamanho do estado de Sergipe e os garrafões de 20 litros comercializados são 100 % recicláveis.

“Conheço de perto a importância desta indústria no Rio Grande do Norte, onde 21 empresas se instalaram, gerando 1500 empregos diretos e até 7500 indiretos. Sei do empenho dos empresários e eles podem me considerar um parceiro em suas necessidades”, disse Garibaldi.

O presidente dessa edição do congresso, Roberto Serquis, explicou que o segmento vem tentando tornar o mercado mais competitivo e, com isso, gerar mais empregos, tendo em vista a inserção de outros produtos.

“O momento é turbulento e desproporcional, com uma concorrência até mesmo desigual, com a inserção da água adicionada. Esta utiliza o mesmo rótulo, contudo, não está sujeita as mesmas obrigações. O congresso aborda outros temas, mas é muito importante discutir o assunto, para que haja uma concorrência igual e a regulamentação”, comentou Serquis.

Participaram da abertura do evento, o presidente do Sindicato da Indústria de Água Mineral, Carlos Alberto Lancia; o presidente da Fiern, Amaro Sales; o senador em exercício Jean Paul Prates; o representante do Ministério de Minas e Energia, Vicente Lobo; o representante da Agência Nacional de Mineração, Ricardo Parayba; e representantes a Associação Brasileira da Indústria de Água Mineral, Marcelo Ribeiro, Cesar Dib e Petras Sanchez.

Roberto Homem/Leonardo Dantas
Assessoria de Imprensa

Publicidade: