Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

Descaso da gestão passada pune o Assú com veto a novos investimentos turísticos

ilustração

Na agenda administrativa que cumpriu na capital federal, o prefeito Gustavo Soares foi surpreendido negativamente na tarde de quarta-feira, dia 29, ao se dirigir ao Ministério do Turismo. Na oportunidade, na conversa com o ministro Marx Beltrão, ao expor a pretensão de contar com o apoio do órgão para alguns investimentos turísticos, com destaque para o São João, principal manifestação sociocultural do Assú, o chefe do Executivo conheceu a dimensão exata de o quanto foi nociva a omissão da gestão passada ao permitir a exclusão do município do Polo Costa Branca e, por conseguinte, do Mapa do Turismo do Rio Grande do Norte.

De maneira proposital, a gestão concluída em 2016 deliberadamente se esquivou a manter o Assú no Polo Costa Branca – e por tabela no Mapa do Turismo norte-rio-grandense -, penalizando a cidade e a população de acesso a créditos na alçada do Ministério do Turismo. No encontro em seu Gabinete, em Brasília, ao tomar ciência da solicitação do chefe do Executivo em busca de patrocínio para o São João, dentre outras ações, o ministro Marx Beltrão lamentou que não pudesse legalmente atender à reivindicação por conta da negligência cometida pelo governo municipal passado. O prefeito se fez acompanhado do deputado George Soares e do ex-ministro do Turismo, Henrique Alves.

“Só temos que lastimar que uma administração tenha agido com tamanha irresponsabilidade, a ponto de criar barreiras para que o município possa ter acesso a importantes ações no turismo, que é uma das grandes vocações de nossa terra. Ficamos muito tristes com a informação do ministro Marx Beltrão de que, por conta desta situação desconfortável e incômoda, o Assú não pode receber recursos financeiros do Ministério do Turismo para o nosso São João”, registrou o prefeito, que já deu ordem expressa para que haja o reparo de tal vexame, com o imediato reingresso do Assú no Polo Costa Branca e no Mapa do Turismo potiguar.

Foto: Assessoria

Prefeitura Municipal do Assú

Secretaria de Comunicação e Ouvidoria

Publicidade:
Senhorinha