Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

DEPUTADA ELEITA, APÓS MATAR BANDIDO, ACHA QUE PODE FAZER MAIS

Conhecida por ter evitado um assalto em frente a uma escola em Suzano, na Grande SP em maio desse ano, ao matar assaltante, policial militar Kátia Sastre foi a sétima deputada federal mais votada no Estado com 264 mil votos.

Katia, eleita pelo PR, disse que ficou impressionada com a repercussão positiva da sua atitude e foi assim que ela decidiu se candidatar: “após a ocorrência e repercussão da mídia eu recebi convite de vários partidos. No início eu disse que não ia aceitar, mas depois conversando com alguns partidos, com a família, amigos, eu comecei a entender que eu podia ajudar muito mais”.

Assim como Katia, outros 72 militares foram eleitos para cargos nas câmaras estaduais, federais e para o Senado.

“A gente sabe das coisas”

Há 21 anos trabalhando na corporação, a deputada eleita pelo PR ressaltou a importância do aumento de militares eleitos, quatro vezes maior que em 2014:

– “Acredito que nada melhor do que uma pessoa que é linha de frente, conhece as dificuldades das pessoas, e a gente sabe das nossas necessidades e como poderia evitar muita coisa e melhorar muita coisa. Acredito que essa experiência vai ser muito valorosa”.

Além de achar que os presos não devem ter direito a saída temporária, a deputada Katia Sastre defendeu o porte de arma para a população.

Veja matéria completa clicando AQUI.

Da Jovem Pan

Blog de Carlos Santos

Publicidade: