Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

Ceramistas potiguares ampliam visão de mercado

Doze empresários potiguares participam do Encontro Nacional da Indústria da Cerâmica Vermelha

Para saber das novidades e inovações tecnológicas que estão sendo utilizadas na produção de cerâmicas, um grupo de empresários do setor participa de missão técnica ao 46º Encontro Nacional da Indústria da Cerâmica Vermelha com apoio do Sebrae no Rio Grande do Norte, Sistema Fiern e parceiros. Promovido pela Associação Nacional da Indústria Cerâmica (Anicer), o evento foi realizado até esta sexta-feira (22), em Teresina (PI).  A missão empresarial, além de ter participado da programação de capacitações oferecidas, realizou ainda visitas técnicas a empresas consideradas modelo no Piauí, ampliando a visão de mercado dos empreendedores.

Os 12 empresários da indústria cerâmica do Rio Grande do Norte que integram a missão participam do projeto Casa e Construção do Sebrae. Eles são de várias regiões diferentes do estado, como Vale do Açu, Alto Oeste, Seridó, Agreste e Grande Natal. De acordo co m o gestor do projeto, Edilton Cavalcanti, esses empreendedores participantes da comitiva estão à frente das empresas Cerâmica Itajá, Cerâmica do Gato, Cerâmica Progresso, Cerâmica União, Cerâmica T Melo, Cerâmica Nordeste, Cerâmica Caisa, Cerâmica Estrutural e Cerâmica Tavares.

“O encontro nacional é um evento itinerante a todas as regiões do Brasil, dirigido exclusivamente à cerâmica estrutural, que atua como setor gerador de mão de obra intensiva e indispensável na construção civil, responsável por uma significativa fatia do PIB brasileiro”, analisa o vice-presidente da Fiern, Pedro Terceiro de Melo, que é ceramista e atuante pelo desenvolvimento do setor.

A comitiva é composta pelos empresários do setor no Rio Grande do Norte e entidades representativas do setor industrial, entre eles Vargas Soliz (Presidente do Sindicer-RN), Vinícius Costa Lima (Singraf-RN) e Alessandro Batista (Sindicer-RN), Ciro Melo (Sindicer-RN), entre outros.

Segundo a última pesquisa do instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o setor de cerâmica vermelha reúne 6.903 empresas no Brasil, amplamente mobilizadas para o evento, em uma oportunidade em que empresários de todos os estados, oriundos dos 48 sindicatos, associações e cooperativas filiadas, além dos demais de todo o continente sul-americano, Europa e EUA voltam suas atenções para os principais temas deste mercado. O setor movimenta cerca de R$ 18 bilhões por ano no Brasil, representando 5% da cadeia da construção civil.

No evento, especialistas de diversas áreas de conhecimento abordam questões relacionadas ao setor cerâmico. A grande novidade nas Clínicas Tecnológicas deste ano foi a ampliação do seu conteúdo técnico e formato de execução. Foram 12 Clínicas, em que duas palestras aconteceram simultaneamente, permitindo que os interessados pudessem escolher o tema que tem mais atrativo.

Uma das novidades desta edição do encontro foi o  Espaço de Negócios, para que as empresas interessadas em negociar com os fabricantes de materiais cerâmicos possam interagir, negociar e fechar parcerias . Já as visitas técnicas da edição e foram para a Telhamar, cerâmicas Santa Maria e Livramento e o Grupo Santa Vitória, que receberam ceramistas vindos de todas as regiões do Brasil e da América Latina.

Portal no Ar

Publicidade: