Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA FEBRE AFTOSA TERÁ INÍCIO EM JUNHO

A primeira etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa no Rio Grande do Norte terá seu calendário alterado e vai acontecer durante todo o mês de junho. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) decidiu ajustar o calendário e adiar o início da campanha para garantir a adequada orientação sobre a execução da vacinação durante a pandemia do Covid-19.

Nesta etapa a vacinação é obrigatória para os animais de todas as idades. O produtor cadastrado junto ao IDIARN deve adquirir sua vacina em uma das lojas autorizadas a comercialização, e, após isso, vacinar os animais e declarar o rebanho até 15 de julho em um dos nossos escritórios, EMATER ou Secretarias Municipais de Agricultura.

O RN tem hoje um rebanho bovino em torno de 950 mil animais. Na segunda etapa da ação, em novembro de 2019, o Estado imunizou mais de 94,54% do rebanho, mantendo o alto índice de cobertura nas campanhas de vacinação realizadas pelo IDIARN. Os números positivos também permitem que o Estado mantenha o status livre de febre aftosa com vacinação e continue com as ações para a retirada da obrigatoriedade da vacina.

A febre aftosa é uma doença causada por vírus que provoca febre e aftas, principalmente na boca e entre os cascos dos animais, causando enorme perda na produção de leite e carnes.

Para mais informações acesse: www.idiarn.rn.gov.br

Assessoria de Imprensa Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do RN

Publicidade:
Leila cabeleileira