Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

BOLETIM INFORMATIVO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAU

Ecocardiograma é mais um serviço implantado pela prefeitura no CEM

ECO

Mais um serviço de saúde chega para somar as quinze especialidades oferecidas no Centro de Especialidades Médicas-CEM, mantido pela prefeitura. Nunca antes realizado pela rede pública do município, o Ecocardiograma já pode ser feito em Macau, sem o paciente necessitar se deslocar para grandes centros médicos, a exemplo de Natal e Mossoró.

“Estamos comemorando mais essa conquista que chega com a gestão Tulio Lemos. O Ecocardiograma é um dos principais e mais utilizados recursos da cardiologia. Ele permite ao médico avaliar aspectos anatômicos e funcionais do coração”, explicou a Secretária Municipal de Saúde Lucianny Guerra.

Segundo o médico cardiologista Alan Bitu, que começou a realizar o procedimento nesta sexta-feira, 12, em Macau, o Ecocardiograma é utilizado para investigar várias doenças cardíacas e para o planejamento terapêutico e prognóstico delas. “Quase sempre esse exame é empregado na avaliação dos pacientes com sopro cardíaco, sintomas de palpitação, desmaio, falta de ar, dor torácica ou nos portadores de diversas doenças cardíacas”, explicou.

VACINAÇÃO: Macau tem Dia D contra Influenza neste sábado (13)

DIA D

As unidades de saúde de Valadão, Navegantes, Centro, Ilha de Santana, Diogo Lopes, Barreiras, COHAB e ainda a Clinica da Família ficarão com suas salas de vacina abertas neste sábado, 13, para a vacinação contra a Influenza (gripe). O horário de atendimento é das 8h às 17h.

A Secretaria Municipal de Saúde montou dois postos volantes: um no Mercado Público e outro no Ginásio de Esportes Virgílio Barbosa. Em relação à vacinação das crianças, as doses estão disponíveis nas unidades de Barreiras, Diogo Lopes, Cohab e nas unidades do Centro e Valadãoo. “Esta estratégia de vacinação foi utilizada para tentarmos melhor atender a população de Macau”, explicou a Secretária de Saúde, Lucianny Guerra.

A campanha começou dia 17 de maio e se estenderá até o dia 26 de maio. Neste ano, a meta do Ministério da saúde é que seja vacinado pelo menos, 90% de cada um dos grupos prioritários para a vacinação, diferente dos anos anteriores em que a meta era de vacinar apenas 80% deste público.

PÚBLICO ALVO

A campanha tem como público alvo pessoas com idade acima dos 60 anos. portadores de Doenças Crônicas (hipertensos, Diabéticos, portadores de Câncer, DPOC, Osteoporose, Mal de Parkinson, Alzheimer), gestantes, mulheres com até 45 dias pós-parto e professores. Profissionais de saúde e as crianças de 06 meses a 4 anos 11 meses e 29 dia (menor de 5 anos) também estão no público que deve procurar a vacina no município.

SAÚDE PERTO DO POVO: Programa Saúde na Feira será lançado neste sábado, dia 13

POVO

O Mercado Público de Macau será palco para lançamento do Programa Saúde na Feira, neste sábado, 13. O programa desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde vai chegar ao espaço uma vez por mês, a partir desse mês de maio.

Segundo a programação apresentada ao prefeito Tulio Lemos pela secretária de Saúde, Lucianny Guerra, o projeto terá ginástica laboral com educadores físicos, atendimento médico e de nutricionista, além de verificação de Pressão Arterial, testes de HGT (glicose), distribuição de preservativos
e panfletagem sobre prevenção.

Ação de prevenção

Também na programação acontecerá distribuição de hipoclorito de sódio para o combate ao Aedes Aegypti, panfletagem sobre a saúde bucal e orientação de medicações por um farmacêutico. Na ação acontecerá ainda a vacinação contra influenza (gripe) nos públicos alvos.

“O mercado é o coração da cidade, onde todas as famílias se encontram. Esse projeto vai trabalhar a saúde preventiva de forma que os profissionais possam encaminhar as unidades de saúde situações diagnosticadas nessa demanda livre que será atendida uma vez por mês”, disse o prefeito Tulio Lemos.

PREVENÇÃO: Saúde e Ação Social distribui repelentes a gestantes

PREVENÇÃO

PREVENÇAO1

PREVENÇAO2

A distribuição de repelentes para gestantes cadastradas no programa Bolsa Família teve início na manhã desta sexta-feira (12) em Macau. O evento aconteceu na sede da Secretaria de Assistência Social, atendendo inicialmente 60 gestantes.
Os produtos são para o combate ao Aedes Aegypti, pernilongos e outros mosquitos que também transmitem doenças. “Toda a nossa rede pública está articulada para atender as gestantes, seja no CRAS, nas unidades de saúde, contando com o reforço das ações da Rede Cegonha”, lembrou a primeira-dama Andréa Lemos.

“É importante que as gestantes passem o repelente só na área exposta e que não passem por baixo da roupa. Esse produto não deve ser usado em crianças menores de 12 anos e deve ser usado durante todo o período de gestação. Ele tem uma duração de até 10 horas, e a gestante tem que fazer a reposição diariamente”, esclareceu Lucianny Guerra.

PARCERIA: Projeto do MP une experiências na Saúde e na Assistência Social para o combate das drogas

PARCERIA

Fruto do projeto institucional Transformando Destinos (TD), o II Workshop de Política Pública sobre Drogas no Rio Grande do Norte contou com a participação do município de Macau, que abraçou a iniciativa do Ministério Público e dos demais parceiros como a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) – do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Convidado para a mesa de autoridades, na solenidade de abertura do evento, o prefeito Túlio Lemos qualificou o projeto como importante por permitir à população da cidade, assim como aos servidores, abraçarem a iniciativa, uma vez que o problema das drogas atinge a todos. A natureza do projeto é a indução de políticas públicas para fazer contraponto à realidade que as drogas constroem.

Parceiros

O evento foi organizado pela coordenação do TD em parceria com o Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Ceaf) e foi prestigiado por integrantes do MPRN, da Defensoria Pública, do Judiciário e das polícias Civil e Militar.

Em Macau, estão acontecendo reuniões mensais, divididas entre os secretários que fazem parte da articulação do projeto intersetorial e também de um grupo de trabalho formado por servidores das pastas envolvidas na iniciativa. A Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas e o Ministério Público acompanham o projeto de perto.

Assessoria de comunicação de Macau

Publicidade: