Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

Assú terá quatro ciclos de pulverização com carro-fumacê contra o Aedes aegypti

A Secretaria Municipal de Saúde do Assú está finalizando o cronograma para a realização de quatro ciclos de pulverização espacial UBV pesado, o popular carro-fumacê, mobilizando três equipes que abrangerão todos os bairros urbanos e suburbanos da cidade e mais onze comunidades rurais onde se constatou elevado índice de infestação predial do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela. Coordenador do Setor de Endemias, o servidor Luís Antônio disse que a 2ª URSAP aguarda somente a chegada do inseticida necessário para a borrifação para iniciar os trabalhos. A utilização do fumacê é ainda uma estratégia usada para combate do mosquito pela ação complementar à eliminação dos focos do vetor das arboviroses.

Luís Antônio crê que, até a próxima semana, o material chegue ao estado do Rio Grande do Norte e à 2ª URSAP, em Mossoró, a qual o município do Assú está jurisdicionado administrativamente, e o órgão possa autorizar a deslocamento dos veículos para o município a fim de iniciar a vaporização numa atividade que se distribuirá nos turnos matutino e vespertino. O praguicida usado na emulsão age através do contato com o corpo do mosquito. As gotículas tocam nas partes do mosquito e matam pelo contato. A substância age no sistema nervoso central do inseto afetando uma enzima essencial para ele: a colinesterase. O produto é dissolvido em água, passa de 30 a 35 minutos disperso no ambiente e perde atividade no momento em que toca o solo, a água ou qualquer outra superfície.

Imagem: Assessoria

Prefeitura Municipal do Assú
Secretaria de Comunicação e Ouvidoria

Publicidade: