Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

Assembleia Legislativa homenageia Companhia Nacional de Abastecimento pelos 27 anos

27

Criada a partir da lei 8.029/90, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) iniciou suas atividades em 1991, contribuindo para a regularidade do abastecimento e a garantia de renda ao produtor rural. Por seus 27 anos de atividades no Rio Grande do Norte, foi homenageada pela Assembleia Legislativa em sessão solene realizada7 na manhã desta segunda-feira (22), numa iniciativa do presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB).

“Esta solenidade está carregada de reconhecimento acerca da importância da Conab em assegurar o atendimento das necessidades básicas da sociedade e o enorme reconhecimento acumulado sobre a atividade agrícola no Brasil. Acreditamos que este seja um grande momento para refletir sobre o relevante compromisso da empresa com sua missão institucional de construir uma história longa e consistente com a agricultura brasileira”, afirmou Ezequiel Ferreira.

Na solenidade foram homenageados servidores e dirigentes que atuam ou atuaram na companhia. O presidente do Legislativo do RN destacou o trabalho da Conab, que possui unidades armazenadoras em Natal, João Câmara, Currais Novos, Caicó, Assu, Mossoró e Umarizal. O parlamentar citou que, nos últimos cinco anos, foram comercializadas mais de 210 mil toneladas de milho através do programa Vendas em Balcão, auxiliando os pequenos e médios criadores potiguares a atravessar uma das mais duras secas que atingiram o RN.

“Celebrar 27 anos de atividade é para quem, no mínimo, resistiu à passagem do tempo e à sua erosão destruidora. Acreditamos que este seja um grande momento para refletir sobre o relevante compromisso da empresa com sua missão institucional de construir uma história longa e consistente com a agricultura brasileira”, disse o deputado, que enalteceu a dedicação dos servidores e dirigentes que atuaram e atual na companhia.

Pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), foram aplicados, nos últimos quatro anos, mais de R$ 12 milhões para aquisição da produção de 2.238 agricultores familiares. A produção foi distribuída para 594 entidades em 59 municípios do RN.

Ao falar em nome dos homenageados, o superintendente de Orçamento e Finanças, Dalmo Mendes Vieira, citou outras frentes de atuação da Conab, como o fornecimento de alimentos básicos às populações mais vulneráveis: acampados, quilombolas, indígenas, comunidades atingidas por barragens, entre outras. Registrou a assistência humanitária internacional, por meio de doações a países com calamidades públicas.
“As ações da Conab constituem-se em iniciativas das mais relevantes. Matar a fome é mais do que vencer a morte”, afirmou o superintendente, que fez menção especial ao “talento, dedicação e profissionalismo de todos os colaboradores”, reafirmando a gratidão por executarem de forma eficiente e eficaz suas tarefas.

HOMENAGEADOS

Alexandre Filgueira Souza e Silva. Procurador na Superintendência Regional da CONAB/RN (1999 a 2003), e primeiro advogado da então recém-criada Superintendência Regional do RN.

Boris Pinheiro Minora de Almeida. Atual Superintendente Regional
Cleide Edvirges Santos Laia, servidora de carreira da Conab que atualmente ocupa a Diretoria de Política Agrícola.

Cleide Edvirges Santos Laia. Servidora de carreira que atualmente ocupa da diretoria de Política Agrícola.

Ezequiel José Ferreira de Souza. Diretor Nacional de Operações e Diretor Nacional de Gestão de Estoques (1997 a 2002). Em 1998 criou a Superintendência Regional no RN, até então vinculada ao Ceará.

Fábio Vinicius de Souza Mendonça. Engenheiro Agrônomo, já ocupou o cargo de Superintendente Regional (março/2016 a janeiro de 2017).

Francisco de Freitas Diniz. Diretor técnico da Delegacia Federal da Agricultura – RN, Presidente da EMATER e Superintendente Regional da Conab no RN (2000 a 2003).
Francisco de Freitas Diniz. Ex-superintendente regional (2000 a 2003).
João Maria Lúcio da Silva. Administrador de empresas, ocupou o cargo de superintendente Regional no período (2011 a 2016).

José Alvares Vieira. Presidente do Sistema FAERN / SENAR, membro do Conselho Fiscal da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil – CNA, e Presidente do Conselho deliberativo do SEBRAE/RN para o quadriênio 2015/2018.

Paulo César de Oliveira Cavalcanti. Superintendente Regional (1998 a 1999). In memorian.

Satyro Gil de Souza Filho. Servidor de carreira, foi Superintendente Regional (2003 a 2007).

Souza requer agilidade na implementação de Termo de Cooperação para a Saúde em Mossoró

SOUZA

O deputado Souza (PHS) encaminhou requerimento solicitando ao Executivo Estadual o avanço nas tratativas entre a Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP) e a Secretaria Municipal de Saúde de Mossoró, visando à implementação do Termo de Cooperação entre entes públicos (TCEEP), firmado com o objetivo de ampliar os investimentos do Estado nos serviços de alta complexidade no município do Oeste.

“A interiorização da Saúde é um desejo de toda a população que reside nas regiões mais distantes da área metropolitana. O TCEEP permitirá que seja dada maior resolutividade nos casos de cirurgias eletivas no Oeste”, justifica Souza.

Segundo o parlamentar, o Termo de Cooperação vai assegurar ao município o recebimento de recursos complementares do Estado para os serviços de oncologia prestados pelos hospitais de Mossoró, e não apenas os repassados pelo do Sistema Único de Saúde (SUS). “Hoje, o município recebe apenas o valor que o SUS envia, o que é muito pouco para manter os hospitais funcionando. O mesmo acontece com a contratação de Unidades de Terapia Intensiva adulto, pediátrica e neonatal”, explica o deputado.

O pleito do parlamentar ao Governo do Estado defende também a desvinculação do setor de regulação da região de Mossoró, permitindo que as filas de cirurgia possam ser administradas pela regulação no município. “É importante que, para não caracterizarmos uma fila única na central de regulação, haja a desvinculação, possibilitando migrar pela ordem de prioridade da região os procedimento de cirurgias eletivas”, argumenta ele.

Crédito da Foto: João Gilberto

ALRN

Publicidade: